18 abril 2017

RESENHA DUPLA! - LOLA SALGADO

Título: O Advogado
Autora: Lola Salgado
ISBN/ASIN: B01HHNZQPQ
Ano: 2016 | Páginas: 233
Série: Leis da Atração
Editora: Nix
Nota: 5/5





 

Sinopse: " No Jogo do Amor, ele domina as leis..." 



Quando Madu, uma atrapalhada estudante de 23 anos, enviou um currículo para a vaga de secretária encontrada milagrosamente nos classificados de jornal, jamais imaginou onde estava se metendo. O anúncio indicava ser um ótimo trabalho em horário comercial, com um bom salário, no escritório de um dos mais conceituados advogados do país. Ela não imaginava, no entanto, que o seu futuro chefe traria tanta turbulência para a sua vida, tampouco que ficaria perdidamente apaixonada por ele. 

O Advogado, primeiro livro da série Leis da Atração, é uma história de amor sexy e envolvente, que te deixará sem fôlego.

O Advogado é um livro pra se ler com a mente aberta e atento aos mínimos detalhes. Sim, conforme você vai lendo a autora vai deixando vários sinais, enfatizando vários momentos aparentemente bobos, e, ao ser revelada a condição de Felipe, tudo passa a fazer muito mais sentido.

Não vou falar o qual é a condição do mocinho, afinal o elemento surpresa é fundamental para deixar a leitura ainda mais interessante, Pelo menos pra mim foi.

Manu e Felipe tem um caminho turbulento pela frente. Nesse primeiro volume da duologia, é possível ter um olhar por cima dos problemas. Mas a real dimensão deles só foi possível perceber no segundo volume.


Maria Eduarda, vulgo Madu, é a protagonista e, na maior parte, o livro é narrado pelo ponto de vista dela. Madu é universitária, cursa Biologia. Imagina a alegria dessa humilde leitora ao se sentir um cadinho mais perto da mocinha só por sermos companheiras de curso?! Fiquei louca! De qualquer forma, Madu, assim como a maioria dos universitários de uma boa faculdade federal teve que sair de sua cidadezinha para uma cidade maior, aqui, no caso, Curitiba. E junto com o fato de morar sozinha vieram as contas e a responsabilidade. Madu é super dedicada, estudiosa e, surpreendentemente, muito batalhadora e trabalhadora. E foi isso que fez com que Felipe a contratasse como sua secretária.

Felipe, a primeira impressão (a segunda, terceira e quarta também, risos), é um verdadeiro príncipe. Educado, simpático, extrovertido é o melhor no que faz. Ele é advogado e algo que a autora ressalta e me deixa muito feliz é que o pai dele tem a mesma profissão, e mesmo tendo a ajuda do pai, ele cresceu no âmbito profissional por pura experiência e comprometimento.

Felipe e Madu, por um mês inteirinho, convivem de forma pacífica. Pela visão de Madu conseguimos entender que a atração é somente por parte dela. Mas após uma viagem a trabalho que ela precisa acompanhar seu chefe gato, ela vê que as coisas não são assim em absoluto. Os protagonistas vivem dias de muita tensão - sexual e não sexual. E essa viagem é um divisor de águas na relação profissional e pessoal deles.



Durante a viagem, Felipe apresenta seu cliente, Renato, a sua secretária. Infelizmente Maria Eduarda é muito bonita, e chama a atenção de Renato. E mais infelizmente ainda, Madu recusa, fazendo com que Renato fique completamente obcecado. Já que ele sempre consegue o que quer essa, com certeza, não será a primeira vez que ele terá que jogar sujo.

A UFPR está em greve, e com isso, Madu e Felipe acabam se aproximando ainda mais e, em um momento de crise, Madu acaba pro descobrir o segredo de Felipe. Ela percebe o quão pesado é o fardo que ele carrega. Mas como qualquer outra pessoa que está do lado de fora da situação (por assim dizer), não consegue entender o tamanho real do problema. Mesmo que ela se empenhe em pesquisar sobre o problema, não é a mesma coisa.

Lola conseguiu inserir um tema polêmico em um romance cliché, fazendo algo completamente inovador. Achei brilhante a forma como ela apresenta o surto do Felipe, a maestria com a qual ela guia o leitor por esse enredo é fantástica! Eu me senti presa do começo ao fim.

Madu não é uma mocinha que você cai de amores. Na realidade você só consegue enxergar a situação de uma forma mais profunda depois de ler a duologia completa. Mas, o tempo todo, os limites de ambos os personagens são testados. E afirmo que eu, no lugar da Madu, talvez não tenha aguentado um terço de tudo. Então, não! Não a considero uma mimada ou egocêntrica. É claro que pra ela os problemas de Felipe não são tão profundos, por não ter nenhuma noção do que ele tenha. Tanto que, a partir do momento que ela pesquisa e passa a entender melhor os sintomas e os momentos de explosão, seu comportamento muda um pouco.

O final desse livro foi fenomenal. Sabe aqueles livros que você vira a página e, tcharã, não tem mais nada? Pois é, exatamente. Lola foi muito sagaz deixando o leitor com a pulga atrás da orelha e extremamente ansioso pela continuação.



Título: O Acusado
Autora: Lola Salgado
ISBN: B01N482Q7U
Ano: 2016 | Páginas: 303
Série: Leis da Atração
Editora: Amazon

Nota: 4/5





Sinopse: "Seus segredos podem moldar o presente..."


Depois de conhecer um lado de Felipe jamais imaginado, Madu toma a difícil decisão de sair do emprego responsável por virar a sua vida de cabeça para baixo. No entanto, ao receber a ligação com uma notícia de tirar o fôlego, repensa em suas últimas escolhas.

Felipe, cuja carreira sólida e invejável esconde uma personalidade fragmentada, encontra-se no fundo do poço e a única que pode tirá-lo da escuridão é ela. No último livro da série Leis da Atração, Madu descobrirá o passado do impenetrável e intenso homem por quem está apaixonada. Segredos capazes de influenciar suas escolhas e moldar o presente dos dois. 

Ganhador do prêmio internacional Wattys, no Wattpad, O Acusado é a continuação de uma história de amor de tirar o fôlego que conquistou mais de 1 milhão de leituras em seu primeiro volume.


Após o final intenso e devastador do primeiro livro, Lola começa a narrativa na visão desesperada da mulher que ama e sente toda a dor de quase perder seu grande amor. E, em vários momentos, confesso, esperei que ambos seguissem caminhos opostos. Mas o amor tudo cura. Tudo transforma. E com Felipe e Madu não poderia ser diferente.

Madu se instala na casa de Felipe para cuidar dele e, nesses poucos dias que passa ao seu lado, ela conhece uma boa parte do passado do nosso mocinho. Um passado que, como leitora, me deixou perplexa de uma forma positiva. É algo tão incomum na literatura que lembro reler várias vezes o relato dele contando o exato momento em que acordou e viu seu mundo completamente virado e perturbado. Felipe carrega o fardo da culpa e as perdas de seu passado intensificam ainda mais o peso em suas costas.


Maria Eduarda começa a entender o por quê de seu namorado precisar de tratamento, e tenta a todo custo fazer Felipe voltar pro tratamento, porém falha todas as vezes. Como se não bastasse o que descobriu pelo próprio Felipe, Madu sente que ainda tem algo a mais nesse passado que não foi revelado, e ainda tem Renato infernizando a vida dela de todas as formas possíveis. E as aulas que voltam com força total. O cansaço físico e mental ajudam muito no caminho que os personagens seguem.

Madu e Felipe tem difíceis decisões pra tomar. Infelizmente pra quem está dentro do problema tudo é mais intenso, e pra quem está de fora tudo é mais claro. O que dificulta muito a relação dos mocinhos. O coração fica apertado durante todos os momentos do livro.

Depois que Madu deixa seu ultimato, Felipe percebe, talvez um pouco tarde, que ela é sua redenção, e não sua cura absoluta. A questão é, será que Maria Eduarda consegue levar adiante uma relação que já está tão desgastada?


Lola trás com essa duologia um momento de reflexão que todos nós deveríamos fazer. Diariamente, até. Todas as vezes que menosprezamos os problemas dos outros, achando que são coisas fáceis e momentâneas, estamos agindo de forma errada. Cada um lida com a dor - ou no caso, com os problemas - da forma que sabe ou consegue. Sentimento é algo muito pessoal, e seria errado comparar. Mesmo em uma situação idêntica, pessoas agem de formas diferentes. Cada pessoa é um ser individual e é isso que nos faz únicos e maravilhosos.

Não cobre ou julgue alguém que está agindo de forma estranha. Um depressão, por exemplo, é algo seríssimo, e nós temos o costume de achar que a pessoa tá no fundo do poço porque quer, e na realidade, não é assim. Temos que apoiar, mostrar opções e saídas.

Enfim. Essa duologia trouxe uma mudança maravilhosa pra minha vida. Passei a olhar em volta e a observar mais as pessoas e seus rompantes. Aprendi a conversar com mais calma e a absorver o que puder pra ajudar ao próximo. E agradeço muito a Lola por isso.

Permita-se ler e se envolver por esse romance que, muito além de amor e sexo, trata de um assunto tão pouco convencional, porém presente no nosso dia-a-dia.

Lola, tu sabes que sou tua fã. Você é uma pessoa incrível, uma escritora maravilhosa e uma parceira das que mais adoro! #MaLipe foi minha primeira paixão. E agradeço muito a Aretha por ter me feito baixar e assinar o Kindle Unlimited me permitindo conhecer obras e autores tão incríveis.



5 comentários:

  1. Parabéns Jéssica, amei a resenha!!! Fico me perguntando o que será que Felipe tem. Já baixei os dois livros no meu kindle, fiquei muito curiosa para ler esta história.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre leio suas resenhas e, acho que, pelo menos em 90% das vezes, saio daqui querendo ler os livros que você resenhou. Mas, eu preciso dizer que, dessa vez, você superou!
    Eu preciso ler essa duologia! E, enquanto você se identifica com a profissão da mocinha, eu me identifico com a profissão do mocinho!!! ehehe
    Você me cativou de um jeito que tô boba! Sempre vejo comentários ótimos sobre os livros da Lola e, dessa vez, a curiosidade arrebatou! <3
    Preciso nem dizer que a resenha tá linda né?!
    xoxo

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me lembrou vagamente de "Uma noite e nada mais", conhece? Por conta desse contexto meio jurídico e tal... Mas o restante da trama é bem diferente e eu fiquei bem curiosa, principalmente por causa do mistério. Mesmo tendo um pouco de receio com histórias que falem de depressão (por medo de ser bem dolorida de ler), essa me parece diferente.
    Enfim, sua resenha está maravilhosa ♥

    Beijos,
    Estante da Josy

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha Jéssica, simplesmente ótima. Tanto que, me deixaram com vontade de realizar a leitura, mesmo sendo aquele gênero que não gosto muito sabe? Mas, todo esse mistério realmente me deixou curiosa. Adorei!

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi! Fiquei curiosa para saber que problema Felipe tem e que bom que superaram a situação juntos. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo